Sendo um designer de tipos nascido na América Latina - lugar onde o fazer tipográfico tem crescido cada vez mais e a comunidade floresce em talento, criatividade e energia - senti a necessidade de criar uma coleção de tipografias que ilustrassem não só a vasta gama de vozes, culturas e complexidades históricas, mas que também servissem de base para a construção de um panorama visual e de uma identidade latino-americana.

Inspirado por Tré Seals (Vocal Type) e seu espirituoso lema “Diversificando o design. Preservando a cultura. Construindo tipografias”, procurei designers latino-americanes que utilizam sua própria cultura para criar narrativas através das fontes.

A América Latina é um grupo de países de grande diversidade de línguas, culturas, experiências, perspectivas e histórias que coexistem e estão em constante movimento, no continente e ao redor do mundo. Daí a importância de se estabelecer um diálogo permanente para que possamos refletir sobre o presente e vislumbrar um futuro melhor e mais colaborativo.

Cada uma dessas tipografias é um artefato cultural que honra, preserva, atualiza, revive, traduz, adapta, interpreta ou re-imagina as memórias e a linguagem gráfica de um determinado período e lugar. Ao situar estas origens, protegem as lembranças de nossas lutas e conquistas, e também nos apontam caminhos.

Tipografias guardam múltiplas histórias e narrativas. Espero que estas sirvam de disparadores para conversas futuras sobre a intersecção entre tipografia e cultura.

✨ 💌 ✨

*Esta lista (que estará em evolução contínua) tem curadoria de Juan Villanueva, um designer de tipos e educador peruano que trabalha na Monotype e vive no Brooklyn, NY.

✏️. Caso queira adicionar um projeto à lista, preencha este formulário.

Agradeço as contribuições de Gabriel Pulpo, Cristóbal Henestroza, Aline Kaori, Diego Sanz Salas, Javier Viramontes, e B. Benedicto. Em especial a Tanvi Sharma que, ao me questionar sobre o tema, me impulsionou nesta iniciativa.*

Powered by Fruition